terça-feira, 22 de março de 2011

SUPER POST - Guia da temporada 2011

Red Bull
Pilotos
01 Sebastian Vettel (Alemanha)
02 Mark Webber (Austrália)

Carro: RB7
Motor: Renault


Voltas completadas nos testes da pré-temporada: 1419


Resumo dos testes
Red Bull foi a equipe a ser seguida nos testes de inverno, frequentemente registrando as melhores voltas dos dia e demonstrando boa resistência em todos os testes. Só ficou atrás da Ferrari em quilometragem acumulada.
Chances em 2011
Adrian Newey parece ter operado novamente sua mágica quando desenhou o RB7, um carro que ao que tudo indica será o referencial de velocidade e não deve sofrer tanto com as quebras que afligiram seu antecessor no ano passado Vettel está confiante com o carro e com a equipe em si, tanto que renovou até o fim de 2014. Webber parece ter força mental para lidar com a pressão de correr contra o atual campeão e deve ganhar algumas corridas e, quem sabe, voltar a dar trabalho ao alemão.
McLaren
Pilotos:
03 Lewis Hamilton (Inglaterra)
04 Jenson Button (Inglaterra)

Carro: MP4-26
Motor: Mercedes

Voltas completadas nos testes da pré-temporada: 785 (carro 2011)



Resumo dos testes
Os testes da McLaren foram bem sofríveis, nunca registrando a melhor volta do dia e quase sempre tendo problemas que mandavam o carro de volta pros boxes. Ambos os pilotos terminaram os testes com comentários que colocavam o ritmo do MP4/26 em dúvida em relação às suas rivais Red Bull e Ferrari.
Chances em 2011
A McLaren poderá começar o ano tendo que correr atrás do prejuízo no que tange tanto a desempenho como confiabilidade, mas a equipe já demonstrou grande poder de reação no passado recente, quando em 2009 começaram lá atrás e terminaram o ano vencendo corridas. Hamilton é muito rápido e conforme o carro permitir deve lutar por vitórias, Button, por seu estilo de pilotagem mais "redondo" pode ter alguma vantagem sobre Hamilton no início do ano, pois os pneus Pirelli recompensam melhor pilotos que os poupam.
Ferrari

Pilotos:
05 Fernando Alonso (Espanha)
06 Felipe Massa (Brasil)

Carro: 150° Itália
Motor: Ferrari

Voltas completadas nos testes da pré-temporada: 1563



Resumo dos testes
Sendo a primeira equipe a lançar o carro, a Ferrari manteve durante os testes a impressionante marca de mais de 100 voltas completadas por dia, sendo com sobras a equipe que mais testou. Seus pilotos sempre mostraram bom ritmo e velocidade na folha de tempos e o carro raramente apresentou problemas.
Chances em 2011
Os testes sugerem que a Ferrari será a rival que mais vai se aproximar do ritmo da Red Bull no início da temporada. Fernando Alonso estará mais determinado do que nunca a vencer seu terceiro campeonato depois de perdê-lo no ano passado quando estava na frente dos marcadores na ultima corrida. Massa inicia o ano com a motivação em alta após o difícil ano de 2010 e sabe que terá que mostrar serviço desde o começo se quiser continuar recebendo tratamento igual ao de Alonso durante o resto do ano.
Mercedes GP

Pilotos:
07 Michael Schumacher (Alemanha)
08 Nico Rosberg (Alemanha)

Carro: MGP-W02
Motor: Mercedes

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1286



Resumo dos testes
Depois de um início de testes conservado, a Mercedes introduziu várias mudanças em seu carro no último teste em Barcelona que parece ter surtido efeito, possibilitando a Michael Schumacher marcar o melhor tempo dos testes. No início apresentaram alguns problemas com superaquecimento do KERS que aparentemente foram resolvidos nos últimos testes.
Chances em 2011
Essa é a grande temporada de Michael Schumacher, onde ele terá que mostrar se ainda tem aquela "fagulha" de campeão. Seu grande termômetro continuará sendo Rosberg, seu companheiro. O carro é melhor que o do ano passado e um discreto otimismo toma conta da equipe e pilotos. Rosberg superou Schumacher ano passado e não pretende ver esse cenário mudar em 2011 e fará de tudo para ganhar sua primeira corrida, ao passo que Schumacher quer registrar sua 92ª, ambas as metas exequíveis se o pessoal da Ferrari e Red Bull tropeçar.
Renault

Pilotos:
09 Nick Heidfeld (Alemanha)
10 Vitaly Petrov (Russia)

Carro: R31
Motor: Renault

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1126


Resumo dos testes
Robert Kubica deixou Valência com o melhor tempo registrado, mas na semana seguinte se acidento no Rally e disse adeus a temporada 2011 da F1 (pelo menos à primeira metade). A escolha do time para substituí-lo recaiu sobre o então desempregado Nick Heidfeld para fazer companhia a Vitaly Petrov em seu segundo ano na F1.
O R31 pareceu promissor durante a pré-temporada e a Renault pode ser a surpresa desse ano. Todas as atenções estavam viradas para o escapamento com saídas frontais, que promete repor parte da pressão aerodinâmica perdida com a proibição dos difusores duplos e poderá ser copiado por outras equipes ao longo da temporada.
Chances em 2011
A perda de Kubica foi realmente um grande revés para a equipe, pois ele além de bom acertador era arrojado. Petrov ainda não mostrou a que veio ainda varia muito de desempenho conforme as pistas e Heidfeld se não é brilhante, é consistente, normalmente não erra e consegue extrair bastante de um carro bom, ainda que não o seu máximo como Kubica consegue. Ambos estão em busca da primeira vitória na categoria.
Williams

Pilotos:
11 Rubens Barrichello (Brasil)
12 Pastor Maldonado (Venezuela)

Carro: FW33
Motor: Cosworth

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1117



Resumo dos testes
Com um carro de desenho arrojado, diferente do modelo anterior, a Williams inovou num câmbio miniaturizado que em combinação com uma nova montagem da suspensão traseira e do posicionamento do KERS deixou um grande espaço vazio atrás do carro para melhorar o fluxo de ar para a traseira, também na intenção de recuperar parte da pressão aerodinâmica perdida com a proibição do difusor duplo. Se o carro parece mais rápido que o anterior, parece também menos confiável, com o KERS apresentando problemas com frequência e tirando preciosas horas de pista da equipe, sobretudo para Maldonado.
Chances em 2011
Apesar da promessa da equipe que os problemas com o KERS estariam resolvidos, ainda paira sobre o carro duvidas quanto a durabilidade dele, podendo a Williams sofrer alguns abandonos de corrida no início da temporada. Se por um lado o carro parece mais rápido que o anterior, teremos que ver como ele se sai ante os seus adversários. A longa espera da equipe por uma vitória pode demorar um pouco mais, mas chegar ao pódio poderá ser uma realidade nesse ano se a equipe conseguir repetir nas pistas o otimismo de suas declarações. Barrichello continuará a liderar a equipe e Maldonado terá um ano de aprendizado, mas assim como aconteceu com Hulkenberg, por mais que se dê algum desconto, não deverá ser menos cobrado por seu noviciado.
Force India

Pilotos:
14 Adrian Sutil (Alemanha)
15 Paul di Resta (Escócia)

Carro: VJM04
Motor: Mercedes

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 899 (carro 2011)



Resumo dos testes
A Force Índia não foi exatamente uma equipe que despertou atenções nesse inverno europeu – Seu carro nem andou pouco, nem quebrou demais nem liderou nenhum dos dias dos testes, apenas andaram bem, testaram, e fizeram voltas medianas que os colocam no batalhão intermediário sem grandes méritos ou preocupações.
Chances em 2011
Desde que estreou em 2007 (antes era Spyker, que era Midland, que era a Jordan) ele melhoraram seus carros temporada após temporada, mas para 2011 a equipe não parece ter dado um passo particularmente grande nesse sentido, talvez porque algumas de suas melhores cabeças saíram ao longo do ano passado rumo à Lotus e Sauber (que não por acaso, melhoraram). Em uma disputa que promete ser particularmente acirrada no meio do pelotão, a equipe conta com o quase sempre rápido Adrian Sutil e o novato Paul di Resta, campeão da DTM e que pilotou o carro da equipe em algumas sextas-feiras no ano passado. Como reserva tem o veloz Nico Hulkenberg, que está coçando as mãos para assumir o cockpit de algum dos titulares, caso eles decepcionem ao longo do ano.
Sauber

Pilotos:
16 Kamui Kobayashi (Japão)
17 Sergio Pérez (México)

Carro: C30
Motor: Ferrari

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1316



Resumo dos testes
Só a Ferrari e a Red Bull andaram mais que a Sauber nesse inverno e a equipe suíça ainda teve seu dia de glória quando o novato Sérgio Peres foi o mais rápido num dos dia de testes em Barcelona (9 de Março), ainda que na conveniente combinação de pneus super macios e pouquíssimo combustível, o que torna potencialmente qualquer carro do grid bem mais rápido. Apesar disso Peter Sauber garante que esse e os demais bons tempos registrados nos testes refletem o verdadeiro ritmo do C30.
Chances em 2011
O C30 é o primeiro carro projetado sob a supervisão do ex-Force índia James Key e deve ser um passo a frente em relação ao carro do ano passado. Kamui Kobayashi assume o papel de piloto líder, responsável pela maior parte do desenvolvimento do carro, mesmo com apenas 22 GP de experiência e está entusiasmado com isso, bem como a equipe, que espera pontuar regularmente esse ano. Sergio Perez está em seu ano de estréia e sua carreira pregressa mostra que tem potencial para o trabalho, vamos ver como se desenvolverá.
Toro Rosso

Pilotos:
18 Sebastian Buemi (Suíça)
19 Jaime Alguersuari (Espanha)

Carro: STR6
Motor: Ferrari

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1152



Resumo dos testes
A irmã menor da Red Bull acumulou uma quilometragem bastante razoável e mostrou em algumas ocasiões um carro com bom potencial de ser rápido em voltas lançadas. Não sofreu com problemas específicos de confiabilidade
Chances em 2011
Com a Williams e Sauber mostrando grande avanço em relação ao carro do ano passado, a Toro Rosso vai ter que se esforçar para aproveitar o aparente potencial de seu STR6 para não ficar relegado às disputas com as novatas. Tanto Buemi como Alguersuari correm com a corda no pescoço, pois ao fim dessa temporada um deles será substituído pela jovem promessa italiana Daniel Ricciardo (se bobear, acontece ainda no meio do ano), então terão que mostrar-se rápidos, técnicos e não cometer erros. Ha ainda a remota possibilidade de um deles ascender à equipe principal, mas o limbo onde hoje repousam Sebastien Bourdais e Scott Speed parece o destino mais provável de quem tropeçar
Team Lotus

Pilotos:
20 Jarno Trulli (Itália)
21 Heikki Kovalainen (Finlândia)

Carro: T128
Motor: Renault

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 907



Resumo dos testes
Como o discreto número de voltas sugere a Lotus não andou tanto quanto gostaria, isso devido a problemas de confiabilidade no carro com Jarno Trulli particularmente sendo o mais afetado. Kovalainen, entretanto enfrentou menos problemas e no último dia, por exemplo, completou a excelente marca de 138 voltas 
sem apresentar problemas.
Chances em 2011
Entre as três equipes que estrearam em 2010, a Lotus é a que parece ter avançado mais com seu novo carro. O objetivo deles é disputar pontos no final do ano, quando poderão ter estreado o KERS, ausente até agora. Se o potencial mostrado nos teste se repetir nas corridas ele poderão dar algum trabalho à Force-Índia, Toro Rosso e quem sabe Sauber. A batalha pelo uso do nome "Lotus" deverá ser resolvida em breve.
Hispânia Racing

Pilotos:
22 Narain Karthikeyan (Índia)
23 Tonio Liuzzi (Itália)

Carro: F111
Motor: Cosworth

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: ZERO (445 com o carro do ano passado)



Resumo dos testes
Nunca andou com o carro novo, e as 445 voltas que deram com o carro velho, que hora foi alugado a pilotos pagantes como Giorgio Mondini, só serviram para evidenciar a discrepância entre o desempenho de seu carro com os demais na pista.
Chances em 2011
Com um carro que nunca andou e com recursos financeiros muito restritos 2011 não parece muito alvissareiro para a equipe. Narain Karthikeyan, que não dirige um F1 em corridas desde 2005 não deverá fazer muito e Vitantonio Liuzzi acaba de dar as últimas marretadas no caixão de sua carreira como piloto de F1 ao fechar acordo com a equipe. Com o histórico de leilões das vagas de piloto visto no ano passado, ninguém sabe quem estará pilotando pela equipe no fim do ano, se é que a equipe estará correndo até lá. Periga ficar fora de várias as corridas com a volta da regra dos 107%.

Virgin Racing

Pilotos:
24 Timo Glock (Alemanha)
25 D’Ambrosio (Bélgica)

Carro: MVR-02
Motor: Cosworth

Voltas completadas nos testes de pré-temporada: 1027




Resumo dos testes
Apesar de ter completado mais voltas que suas rivais diretas Lotus e Hispânia, o MVR02 não apresentou grande confiabilidade nem velocidade, mas pelo menos não nasceu com um tanque menor que o necessário, como no ano passado.
Chances em 2011 
Mesmo sob a direção o competente Timo Glock, não a equipe não surpreenderá ninguém, devendo ficar no fim do grid, à frente das Hispânia e atrás das Lotus, salvo surpresas ou evoluções aerodinâmicas e mecânicas (uma nova asa dianteira é prometida para breve). Jerome D’Ambrosio, que com seus patrocinadores substituiu Lucas di Grassi, assim como o brasileiro dificilmente conseguirá mostrar seu potencial com um carro bastante limitado.


Entenda as novas cores que definirão os diferentes tipos de pneus na F1:

Para entender melhor, CLIQUE AQUI! 


4 comentários:

Anônimo disse...

O espelho das imagens ficou legal. rsrsr

Gil disse...

Bom vamos aguardar pra ver como será essa temporada....

Charles disse...

Maravilha o post, está cada dia melhor o blog!!

Ryuichi disse...

excelente matéria!
parabéns!