terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A verdadeira traseira compacta da Williams

Postei essa foto acima na nossa página do Facebook (essa AQUI) e muita gente se mostrou surpresa e admirada ao perceber quão compacta realmente é a traseira do carro da Williams. A imagem acima é uma montagem simples onde apenas foi retirada uma extensão da carenagem do carro, é uma coisinha bem prosaica na verdade: uma chapa reta de fibra de carbono para conduzir melhor o ar que acaba por dar um apecto bem melhor ao carro.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1


Sem ela você vê como a equipe de Frank Williams vem conseguindo faz tempo (veja o FW35 ao lado os carros de 2011 e 2012, à época também guiados por Barrichello e Senna) refinar o conceito de uma traseira do carro realmente pequena graças a uma engenharia complexa em torno de seu já tradicional câmbio miniaturizado e assim possibilitar um grande espaço livre para um fluxo de ar mais livre naquela área. Abaixo está a imagem "normal" do carro para você comparar. E amanhã cedo tem mais sobre a nova Williams aqui no BLOG... Clique nas imagens para ampliá-las

6 comentários:

Anônimo disse...

F1 by Lex no endereço do facebook:

http://www.facebook.com/groups/F1byLex/

Diz:

A redução do tamanho é perceptível, após claro, ser demonstrada pelo José Ignácio. Bem observados os detalhes.

renan disse...

mas desde que fizeram esse câmbio e traseira reduzida a equipe vem se arrastando no final do grid...
ano passado vi um engenheiro dizer que o conceito é bom mas que a traseira fica muito mais frágil e "mole" comprometendo a suspensão traseira e consequentemente não aproveitando máximo que os motores podem oferecer .

a red bull fez algo parecido mas inovou no passado com sua traseira tipo "bigorna" justamente para ter mais resistência ali

Eduardo disse...

Esse encolhimento do capô vem da Ferrari de 2003. De 2004 em diante, tornou-se obrigatório existir carenagem nessa posição, e não simplesmente pra melhorar aero ou aparência.

Sandro Maia disse...

Que coisa horrososa!!! Mais parece um F-Ford dos anos 70...

José Inácio Pilar disse...

Eduardo, a FIA exige medidas mínimas da carenagem sim, é claro, mas como disse o melhor formato é escolhido pela equipe para aprimorar a aerodinâmica do carro.

Abs

Leo Marx disse...

É... Confesso que não achei bonito... Aliás os carros tem ficado muito esquisitos ultimamente... Oh nostalgia... Volta anos 90..