domingo, 27 de fevereiro de 2011

Alonso, el amigón

Conforme as pessoas lêem a biografia de Bernie Ecclestone, detalhes interessantes e não muito nobres  da Formula 1 acabam eclodindo. Por exemplo: Bernie teria declarado que Flávio Briatore não deveria ter sido punido pelas suas ações nefastas à categoria no episódio da batida de Nelsinho Piquet. Segundo o supremo mandatário da Formula 1 teria dito, "todos roubam na F1 e ele (Flávio Briatore) não deveria ter sido pego"

Mas esse é apenas uma das passagens interessantes do livro.

Outra mais polêmica e que joga mais luz sobre os valores éticos de Fernando Alonso é a de que em meio a disputa com Lewis Hamilton em 2007 na McLaren, após ter sua pole position anulada pela FIA por ter deliberadamente segurado o carro do jovem inglês na área na frente boxes, impedindo-o de marcar seu  tempo, Don Fernando se reuniu com Ron Dennis e teria pedido a ele que a equipe colocasse menos gasolina no carro de Hamilton em seu último pit-stop para que ele não terminasse a corrida por pane seca. A equipe não o fez e Hamilton ganhou a corrida, ao passo que Alonso chegou apenas na 4ª posição.

Por mais que nos dias atuais Alonso garanta que as rusgas com Hamilton sejam um assunto superado entre ambos, essa revelação pode reabastecer a rivalidade entre eles na pista. Independente disso é bom Felipe Massa ficar muito esperto para que o seu carro, caso tenha um bom desempenho em 2011 e comece a dar trabalho para o asturiano, não seja o novo "foco de atenção" de seu muy amigo companheiro bicampeão, já que além do espanhol ter sua moral sabidamente discutível, paira sobre a Ferrari a eterna névoa de favorecer um piloto em detrimento do outro e desde os tempos de Schumacher e Barrichello à até o episódio do GP da Alemanha do ano passado, ainda que neguem de pés juntos.

Abre o olho Felipe!

4 comentários:

Charles disse...

a JORDAN por baixo traz tantas lembranças!! Eu espero a Biografia do Barrichello, a Ferrari chegou ao cúmulo de deixar o carro no cavalete. Pane seca..ihhhh perdi a conta.... Não acredito que Massa tenha um bom resultado por mais que ele esteja animado com novos pneus. A posição da Williams com Barrichello é sim algo mais honesto, só falta agora carro bom!

Anônimo disse...

Já circulam noticias da biografia de Bernie que Alonso chantageou Ron Dennis para ser o piloto preferido da McLaren. Ron não cedeu e sofreu as consequencias. Mas fica muito claro o caráter de Fernandinho Alonso, que já tentou de tudo para ficar por cima. Na Ferrari não é diferente. Por isso quero que a Ferrari e o Alonso se ferrem. Pola ausência de ética de ambos. Abre o olho Massa!

Diego Trindade disse...

Amigo só se for da onça!
Meu blog http://teamtrindade.wordpress.com/

Marco disse...

Fui Tifosi/Ferrarista quase a vida toda. Achava a equipe muito mais divertida nos tempos do Mansell, Alesi, Villeneuve (pai), etc...

Da era Schumacher para cá, a equipe ficou fria, calculista e "desonesta".

Já perdi minha paixão pela coleção de miniaturas e livros de Ferrari. Hoje eu ando com com adesivos de Red Bull...

É triste, mas é a verdade... e que o Massa acorde logo.