sábado, 26 de fevereiro de 2011

Jogo de aparências


As equipes médias como Sauber, Toro Rosso Williams e mesmo algumas das maiores como Mercedes e Renault vem tendo seus bons desempenhos cercados de desconfiança por parte da imprensa especializada e mesmo seus rivais.

Sobre os bons tempos registrados por essas equipes pairam dúvidas de que eles seriam artificiais, obtidos através de jogadas como usar os pneus mais macios existentes e pouquíssima gasolina, fatores que sozinhos podem significar um ganho de até 6 segundos em relação aos mesmos carros cheios de gasolina e equipados com pneus mais duros. É errado? Não, mas cria uma imagem distorcida da realidade, pois se todos corressem mais próximos das mesmas condições, como aconteceria numa sessão de classificação e corrida, provavelmente o resultado seria outro, com as equipes grandes e tradicionalmente favoritas provavelmente à frente dessas, pensam algumas pessoas.

Só que a revista italiana Autosprint em sua última edição vem com uma informação interessante: enquanto muitas equipes estariam "inflando" seus resultados para fazer bonito nos testes, a Red Bull estaria fazendo exatamente o oposto. Segundo os italianos, os bons tempos obtidos por Sebastian Vettel nos primeiros dias dos recentes testes de Barcelona teriam sido conseguidos com o carro andando com tanque cheio, com o objetivo não-declarado de não "assustar" nem apressar a reação da concorrência.

Vettel na ocasião ainda desconversou, dizendo que com os pneus novos é difícil precisar como seu carro estava em relação às outras equipesno desenvolvimento e velocidade, mas na semana seguinte o consultor da equipe Helmut Marko deixou escapar uma reveladora informção justamente so bre ospneus, grande ponto chave dessa temporada 2011: "Estamos tendo problemas com os pneus, mas menos problemas que a concorrência".

Tudo isso deixa antever que pelo menos no início do ano deveremos ter a Red Bull à frente do grid na maioria das pistas, seguida pela Ferrari e depois pelas demais equipes numa ordem ainda imprecisa de se estabelecer.

Esperemos os próximos testes em Barcelona para ver se com os novos pacotes aerodinâmicos que várias equipes prometem lá estrear a divisão de forças fica menos nebulosa

2 comentários:

Charles disse...

Se a RBR estiver fazendo o contrário é uma nova tática pois pelo que via sempre o Vettel andava leve pois tem uma fixação em andar na frente, além disso, Webber falou bem da Ferrari. Então uns acham uma coisa e outros acham outra, a verdade só na Austrália!

Jean Tondello disse...

ÓTIMO Blog!, gostei das notícias!, já adicionei nos meu favoritos aqui, Muito bom...

Abraços...