quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Michelle Alboreto, primeira e última

Michelle Alboreto foi um piloto milanês e grande promessa do automobilismo italiano no fim dos anos 70 e inicio dos 80. Ele entrou na Fórmula 1 em 1981 pela Tyrrell, onde correu por 3 anos até se transferir para a poderosa Ferrari, onde ficou por mais 5 anos. Depois disso, já como um piloto experiente, acabou sendo acolhido por equipes menores, como novamente a Tyrrell e a Larousse em 1989, Footwork entre 1990 e 1992, Lola em 1993 e finalmente a Minardi em 1994, seu derradeiro ano na categoria.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Seu melhor resultado numa temporada foi o vice-campeonato de 1985 pela famosa equipe italiana. Na Fórmula 1, ele também conseguiu 5 vitórias, 5 voltas mais rápidas, 2 pole positions e 23 pódios nos 215 GP´s que esteve presente (em mais de 20 não conseguiu se classificar, quando já estava em equipes fracas). Alboreto morreu num acidente em 2001 enquanto testava o protótipo de Le Mans da Audi, o R8 na pista alemã de Lausitzring.

3 comentários:

Tercio Lemos disse...

Esse camarada se eu não me engano corria na formula 3 e depois na F-2, me corrija se eu estiver errado.

Concessionaria VW

Abs

Leandro Lefa disse...

E ganhou Le Mans em 1997.

Anchor disse...

Piloto no nível do Patrese, Barrichelo, Weber, ou seja não tinha a estrela para ser campeão. Neste nível eu coloco também o Hill e o Villeneuve, foram campeões sim, mas apenas pelo equipamento do que pela pilotagem.