segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

1 pódio, 3 pilotos, 14 títulos

Ayrton Senna, Alain Prost e Michael Schumacher

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Se somarmos os números que esses Ayrton Senna, Alain Prost e Michael Schumacher conquistaram ao longo de todas as suas bem sucedidas carreiras na Fórmula 1, teremos ao todo "apenas" 183 vitórias, 166 poles-position, 137 voltas mais rápidas, 341 pódios e 14 títulos mundiais. Será que está de bom tamanho? 

11 comentários:

Anônimo disse...

O de amarelo é o melhor dos 3!

Anônimo disse...

Logo percebemos que o comentador de cima é retardado.

Anônimo disse...

Os 3 eram excelentes, porém com qualidades distintas.........

Anônimo disse...

Logo percebemos que o segundo comentador é mais retardado do que o primeiro, por não respeitar a opinião dos outros

Anônimo disse...

Acontece que, por ocasião dessa foto, a contagem era BEM diferente!

* 86 Poles - (Senna 61, Prost 25, Schumacher 0)
* 60 melhores voltas - (Senna 19, Prost 37, Schumacher 4)
* 86 vitórias - (Senna 38, Prost 47, Schumacher 1)
* 1337.5 pontos - (Senna 573, Prost 733.5, Schumacher 71)
* 6 títulos mundiais - (Senna 3, Prost 3, Schumacher 0)


A foto é do dia 9 de maio de 1993, no pódio do GP da Espanha.
Prost só conquistou seu 4o título em 26 de setembro de 1993, no GP de Portugal.


Ressaltando que Prost e Senna estavam em seus últimos momentos na F1 e Schumacher ainda começando; era apenas o início de sua 2a temporada completa na F1.


um abraço,
Renato Breder

Anderson Martins disse...

o melhor piloto da f1 veio depois desses 3 ai...

Anônimo disse...

Um tal de Sebastião

José Inácio Pilar disse...

Como eu disse no texto, esses números são resultados da soma do que eles "conquistaram ao longo de todas as suas bem sucedidas carreiras na Fórmula 1", não apenas na ocasião em que a foto foi tirada.

Agora, se acham que há melhores do que esses, aí é uma questão de opinião pessoal!

abraços!

Unknown disse...

Anônimos não têm opinião.
-Leandro Lefa

Anônimo disse...

Schumacher só conquistou tudo o que conquistou, porque não teve adversários a altura.

Senna teve que lutar contra Prost (que tirou 2 títulos dele - 1989 e 1993), Piquet (tirou um título dele - 1987 - apesar de ter corrido por fora na luta pelo campeonato com uma lotus)e Mansell (tirou 1 título - 1992 - era impossível acompanhar aquela Williams). Poderia ter conquistado 6 títulos aos todo, fora os anos seguintes, caso não tivesse morrido.

Prost contra Senna (tirou 2 títulos dele - 1988 e 1990), Piquet (tirou 2 títulos - 1983 e 1987), Lauda (tirou 1 - 1984). Ou seja, o francês poderia ter conquistado 9 títulos se não fossem as feras que corriam contra ele.

Schummy contra Hill (fraquíssimo), Villeneuve (poderia ter complicado, mas não soube administrar a carreira e se perdeu como piloto), Hakkinen (perdeu em 1998), Montoya (nunca foi de fato um adversário), Raikkonen (quase perdeu para o finlandês em 2003), Alonso (perdeu pela eterna regularidade do espanhol - 2006). Poderia ter conquistado 9 títulos, e correu mais campeonatos que os dois anteriores.

Pra mim, os três foram gênios em pé de igualdade, com estilos diferentes, em momentos e circunstâncias díspares, e com adversários que representavam dificuldades igualmente diferentes.

Pronto falei.

Anônimo disse...

Corrigindo: Schummy disputou 10 campeonatos, o de 1997 ele também perdeu, poderia ter sido decacampeão.