segunda-feira, 18 de novembro de 2013

GP dos EUA: Análise da corrida e tabelas

E no modorrento Grande Prêmio dos Estados Unidos deu Sebastian Vettel de novo, o que não é surpresa alguma dada a superioridade do conjunto carro/piloto que formou com sua RB9. Essa [e uma pista das mais interessantes do calendário, mas sem tantos pontos de ultrapassagem como precisaria e uma escolha de pneus conservadora da Pirelli são as explicações para uma corrida sem grandes emoções, que devem sobrar aqui no Brasil. Vamos agora à "análise equipe-por-equipe" da corrida!

RED BULL: Vettel largou bem e continuou na ponta até o final, sem jamais ser ameaçado por Grosjean, ainda fazendo a volta (bem) mais rápida da corrida há poucos minutos do fim, deixando claro que tinha reservas. Webber largou mal como sempre  mas retomou um dos dois lugares perdido, o de Hamilton e não conseguiu passar o franco-suíço da Lotus. Parece que corre por inércia.

LOTUS: Grosjean mais uma vez fez uma belíssima corrida e foi claramente "o melhor do resto" nessa corrida, sem cometer erros nem permitindo a aproximação excessiva de Webber. Kovalainen, como era de se esperar, sofreu com a falta ritmo de corrida após uma classificação razoável e ficou bem longe da zona de pontos.

MERCEDES: Hamilton fez sua corrida com ritmo forte, mas não o suficiente para tentar um pódio, mostrando que a Mercedes também perdeu um pouco de ritmo em relação ao meio do ano. Rosberg teve uma corrida discreta, mas conseguiu ascender para a zona de pontos e os dois combinados ampliaram em mais 4 pontos a vantagem para a Ferrari na zona de pontuação. (Vettel sozinho tem mais do que os dois juntos).

FERRARI: Alonso conseguiu ser, uma vez mais, bastante eficiente nesse fim de semana, capitalizando o máximo que seu carro podia dar com o 5ª lugar após uma luta final com Hulkenberg, garantido o vice campeonato de pilotos para si. Massa não se achou com o carro em nenhum momento do fim de semana e quer que a equipe o desmonte para analisar e corrigir o problema antes do GP Brasil. Sua 8ª posição no campeonato de pilotos está assegurada, já que não poderá mais alcançar Grosjean nem ser alcançado por Button.

SAUBER: Hulkenberg é outro consegue ser muito eficiente ao extrair tudo de seu carro, marcando bons 8 pontos e reforçando a impressão que é um grande piloto. Gutierrez não fez uma corrida das mais notáveis e ainda foi tocado por Vergne na volta final, rodando e perdendo posições, mas chegaria fora da zona de pontos de qualquer maneira.

McLAREN: Nas últimas corridas o demitido Perez tem apresentado resultados significativamente melhores que os de Button e ontem não foi diferente, o que só faz a equipe inglesa ficar ainda menos vistosa quanto à decisão de seus pilotos para o ano que vem, com o inexperiente Magnussem e o normalmente eficiente mas nada extraordinário Button.

WILLIAMS: Finalmente um boa corrida da equipe. Bottas correu muito bem após a boa classificação e largada, marcando seus primeiros pontos na categoria e dando uma bem vinda injeção de ânimo na equipe e a si mesmo. Maldonado, por outro lado, colocou Sutil para fora, continuou reclamando da vida e chegou lá atrás, na mesma 17ª posição da qual largou. O temperamental venezuelano deseja ir para a Lotus e já não esconde mais que não gosta da Williams, a qual acusou de lhe sabotar a classificação.

TORO ROSSO: Ricciardo e Vergne até que fizeram uma corrida boa, mas ambos perderam ritmo na última parte, graças aos pneus que acabaram se desgastando na estratégia que fizeram, com isso nenhum deles marcou pontos. Vergne ainda teve 20 segundos adicionados ao seu tempo final (acabou em 16º) por causar a rodada de Gutierrez.

FORCE ÍNDIA: Depois da bela exibição em Abu Dhabi Paul di Resta não conseguiu repetir a dose no Texas, culpa de um carro que não lhe ajudou muito. O piloto, aliás, já está sendo cotado para assumir a vaga de seu primo Dario Franchitti na Chip Ganassi na Fórmula Indy. Sutil largou bem e quando subia o pelotão foi tocado em plena reta por Maldonado, causando sua batida e abandono. O alemão, segundo se comenta, já tem contrato para 2013 na mesma equipe.

MARUSSIA e CATERHAM: Mais do mesmo na turma do fundão e da figuração de luxo, com Bianchi à frente das Caterham.

Pos. Piloto               Equipe                   Diferença  Pontos
 1.  Sebastian Vettel     Red Bull-Renault      1h39m17.148s    25
 2.  Romain Grosjean      Lotus-Renault              +6.284s    18
 3.  Mark Webber          Red Bull-Renault           +8.396s    15
 4.  Lewis Hamilton       Mercedes                  +27.358s    12
 5.  Fernando Alonso      Ferrari                   +29.592s    10
 6.  Nico Hulkenberg      Sauber-Ferrari            +30.400s     8
 7.  Sergio Perez         McLaren-Mercedes          +46.692s     6
 8.  Valtteri Bottas      Williams-Renault          +54.509s     4
 9.  Nico Rosberg         Mercedes                  +59.141s     2
10.  Jenson Button        McLaren-Mercedes        +1m17.278s     1
11.  Daniel Ricciardo     Toro Rosso-Ferrari      +1m21.004s
12.  Jean-Eric Vergne     Toro Rosso-Ferrari      +1m24.574s
13.  Felipe Massa         Ferrari                 +1m26.914s
14.  Esteban Gutierrez    Sauber-Ferrari          +1m31.707s
15.  Heikki Kovalainen    Lotus-Renault           +1m35.063s
16.  Paul di Resta        Force India-Mercedes    +1m36.853s
17.  Pastor Maldonado     Williams-Renault          +1 volta
18.  Jules Bianchi        Marussia-Cosworth         +1 volta
19.  Giedo van der Garde  Caterham-Renault          +1 volta
20.  Charles Pic          Caterham-Renault          +1 volta
21.  Max Chilton          Marussia-Cosworth        +2 voltas

Abandonos:

Adrian Sutil         Force India-Mercedes        0 voltas

Volta mais rápida: S. Vettel 1m39.856s

Pontuação após a 18ª etapa:       

Pilotos:                      Construtores:                    
 1.  Vettel        372        1.  Red Bull-Renault          553
 2.  Alonso        227        2.  Mercedes                  348
 3.  Hamilton      187        3.  Ferrari                   333
 4.  Raikkonen     183        4.  Lotus-Renault             315
 5.  Webber        171        5.  McLaren-Mercedes          102
 6.  Rosberg       161        6.  Force India-Mercedes       77
 7.  Grosjean      132        7.  Sauber-Ferrari             53
 8.  Massa         106        8.  Toro Rosso-Ferrari         32
 9.  Button         61        9.  Williams-Renault            5
10.  Di Resta       48       
11.  Hulkenberg     47       
12.  Perez          41       
13.  Sutil          29       
14.  Ricciardo      19       
15.  Vergne         13       
16.  Gutierrez       6       
17.  Bottas          4       
18.  Maldonado       1     

3 comentários:

Beethoven Ata disse...

kkkkkkkkkkkk , certeza que a williams ta sabotando o maldanado hehehehe , parabens pro vettel que tem um jato na mão e o resto tem fusquinha.

Anônimo disse...

É verdade o Vettel ta sobrando, me lembra um poyco da era Shcumacher porém o Vettel não tem um escudeiro como na Ferrari. Ninguém entregou posição p ele. Incrivel o Sebastian.

Anônimo disse...

Notícias do Nasr?