quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Alonso já provoca Raikkonen

A parceria entre Fernando Alonso e Kimi Raikkonen na Ferrari ainda não começou, mas uma sutil guerra psicológica entre eles já.

Hoje Fernando Alonso disse numa entrevista em Suzuka que ele e seu novo companheiro deverão fazer um campeonato muito bom para a Ferrari, tentando marcar o máximo de pontos que for possível, uma declaração normal, otimista, mas aí ele emendou uma mensagem que ao mesmo tempo elogiava o brasileiro como relativisava a velocidade ao finlandês: "...mas em termos de velocidade eu penso que Felipe não é nem um pouco mais lento. Quando eles estavam correndo juntos Felipe foi tão rápido quanto o Kimi, então se tivermos um carro competitivo faremos coisas muito boas".

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Ora, se ele ele acredita que Massa e Kimi tem a mesma velocidade e todos sabem que ele superou por larga vantagem o brasileiro, me parece uma mensagem clara de que ele acredita que vai superar Raikkonen sem grandes dificuldades, botando pressão no novo colega... Só que históricamente o campeão de 2007 não costuma se abalar nem responder a esse tipo de declaração, sempre sendo muito relaxado e praticamente imune a esse tipo de expediente, de modo que palavras pouco devem lhe afetar o desempenho.

Mais para frente na mesma entrevista o bicampeão asturiano aproveitou para também já colocar uma pressãozinha na própria equipe Ferrari, que não faz um carro realmente bom desde 2008: "...mas se não tivermos um carro competitivo, eu penso que vai ser bem parecido com essa temporada."

7 comentários:

Anizio souza alves disse...

Olá José Inácio
Saudades é do Ayrton Senna. Quando teremos outro ícone daquele?

ANDREGUTO disse...

so quero ver a postura da ferrari diante de dois pilotos que nao aceitam ser o numero 2

Anônimo disse...

Não vi essa declaração como alfinetada. Entendi mais como uma defesa em relação ao Massa, no sentido de evitar qualquer especulação por parte da imprensa tendente a comparar ou provocar algum comentário da equipe a respeito da qualidade do brasileiro e do finlandês. Entendi também como uma defesa ao brasileiro, já que com sua saída, a expectativa é de melhora no nível dos pilotos e da equipe. Se na coletiva perguntarem ao Alonso "Massa sairá e quem assume seu lugar é o Kimi, e agora?" De maneira nenhuma ele vai se comprometer e soltar qualquer comentário avaliativo de que a equipe melhora ou não, sob o risco de menosprezar o brasileiro.

José Inácio Pilar disse...

Anônimo, respeito sua opinião, mas como escrevi, vi como uma declaração dupla:

Ao mesmo tempo que é simpático e elogioso ao Felipe, também diz nas entrelinhas que Kimi não deve ser tudo isso, já que ele tem a mesma velocidade de um companheiro que ele superou amplamente...

Anônimo disse...

Muita ingenuidade acreditar que que o Alonso não quis atacar o Kimi com essa declaração...ainda mais vindo do Espanhol, que é pura politicagem na F1...Prost fez o mesmo joguinho psicológico com Senna qndo o brasileiro foi pra Mclaren...Ano que vem vai sair faísca na Ferrari, pq tenho certeza que o kimi vai no MINIMO andar no mesmo ritimo que o espanhol...

Roberto Milfont disse...

Tb vi como uma alfinetada, mas o Alonso tem que fazer muito mais do que falar....Kimi é imune a essas provocações e penso que vai dar um calor no Alonso...

Kevin Souza disse...

Acredito que esse tipo de alfinetada do Alonso é mais para poder dar um ânimo no paddock. Fica até emocionante na ferrari um tipo de coisa como essa que deixa o público na expectativa do Raikkonen responder na pista e talz.. Acho que é mais uma jogada do nosso grande príncipe das Astúrias. :D