terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Bruno Senna fecha com Aston Martin e sai da F1

Bruno Senna acaba de ser confirmado como piloto titular da equipe Aston Martin para a temporada 2013 de endurance da FIA. Ele correrá ao lado do francês Frédéric Makowiecki e Com isso acaba o suspense em torno da participação do brasileiro na categoria máxima do automobilismo, a Fórmula 1, que agora é página virada.

O futuro da carreira de Bruno na Fórmula 1 já estava correndo risco de acabar após ser dispensado da Williams, visto que as negociações dele com as demais equipes não estavam, fluindo como o desejado e as vagas disponíveis (Force Índia já não era uma delas) não lhe davam perspetivas de lutar por pontos - no fim, o capítulo dos monopostos foi superado em sua biografia e outro se abre no Turismo

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Sobre a mudança de ares, Bruno declarou: "Até 2009, sempre conquistei vitórias e pódios nas categorias por onde passei. Desde então, por uma série de circunstâncias fora do meu controle, não tive a mesma chance na Fórmula 1. As propostas que me foram oferecidas nesta temporada também não me davam essa possibilidade"

Boa sorte ao Bruno em sua nova morada, vou torcer para que ele se consolide na nova categoria e sua carreira deslanche, de modo que consiga alcançar vitórias, sucesso e a estabilidade que não conseguiu na Fórmula 1, onde as coisas nunca encaixaram bem pra ele nas 3 equipes em que correu.

Alguém ha de me perguntar: "será que ele volta ano que vem"? Duvido. Pergunte ao Lucas Di Grassi, Sebastien Buemi, Jaime Alguersuari...

8 comentários:

Leo Santojo disse...

É uma pena, tinha potencial. Nunca mais verei o Bruno correndo. (nao tenho paciencia pra assistir corrida de turismo)

Daniel Alves disse...

Sou fã do sobrenome Senna! Triste pelo bruno sair da F1, mas feliz por ele dar continuidade na carreira dele. o carro dele leva as cores e patrocinador dos Ford GT40 que fez as Ferraris comerem poeira na decada de 60! Serve de inpiração!

Vagner Hundertmarck disse...

Acabaram-se as chances dele na F1 por que o seu polpudo aporte financeiro não estava assim tão polpudo , o grupo EBX do Eike Batista que o patrocinava OGX , esta acumulando quedas e mais quedas de suas ações na bolsa de valores , a LLX tev até suas ações retiradas da bolsa antes que virassem pó , não seria bom para a imagem da empresa continuar patrocinando a F1 ja que não teve o retorno esperado . Uma lástima foi ter disputado a temporada passada tirando Rubens da v aga na Willians , pois Bruno tem $$$ mas não talento , visto a surra que tomou do inconstante Maldonado . Willians e F1 perderam em não ter o Rubinho ano passado , o carro era tão bom que venceu corridas e não marcou mais pontos por falta de experiencia de seus pilotos , muitas vezes afoitos e muito errantes , acredito que essa willians com um Alonso ou Hamilton brigava por titulo ano passado .

Betogfc disse...

concordo com o wagner,pena que ele tirou o rubens pois esse sim mericia ainda estar na F1

Julio disse...

A única coisa que esse Bruno fez foi tirar o Barrichello da F1.

Se não fosse esse INÚTIL e seu saco de dinheiro, o Barrica ainda estaria na Williams, com certeza fazendo um trabalho muito melhor que o do 1º sobrinho.

Já vai tarde Bruno, você só fez figuração na F1, tirou a vaga que devia ser do Rubens e ainda conseguiu ser enxotado de TODAS as equipes em que correu, mesmo sentado numa grana preta, PARABÉNS!

Geraldo disse...

Seria mais interessante ele participar do DTM, pois há maior visibilidade, uma maior estrutura, pilotos mais "famosos", ele andqaria pela Mercedes, que tem motor na F1 (vide Paul Di Resta)etc. O WEC é legal, mas assistir uma corrida de longa duração é cansativo (assistir as 6hs de SP foi dosse para leão, vi apenas algumas partes das 24hs de Daytona). Além do que no WEC ela vai correr na categoria GTE, que não é a mais famosa (LMP1) e nem a Aston Martin é tçao vencedora, ficou em segundo lugar em 2012, com duas vitórias, sendo que a Ferrari (Fisichella) foi campeão com 5 vitórias. http://www.fiawec.com/courses/classification.html

Anônimo disse...

Pela visibilidade melhor seria a NASCAR, DTM é chata pra tetéu. Mas, provavelmente, o campeonato de Endurance seja melhor para o estilo de pilotagem dele.
No final, não adiantou de nada o dinheiro...deixem de desculpa, o primeiro sobrinho não teve talento pra assegurar a vaga por uma equipe competitiva... a Williams teve um bom carro ano passado e dois pilotos estabanados, o venezuelano tem mais petrodólares, conseguiu uma vitória, é um idiota rápido que quebra e paga o conserto. O Bruno não foi ousado, não brilhou, foi burocrático e saiu. Infelizmente entrou tarde demais na formula 1, uma pena que tenha perdido todo esse tempo quando já poderia estar bem em uma outra categoria. Boa sorte pra ele.

Adriano Souza

Anônimo disse...

Could you please acknowledge the photographer of the action shot? It is common courtesy and a possible copyright infringement as well. Thank you