segunda-feira, 16 de abril de 2012

Veja toque de Castoneves que fez Barrichello rodar

Na última curva na última volta, se formou um grupo compacto de pilotos disputando a 7ª colocação (ocupada então por Barrichello), mas entre eles haviam 2 retardatárias, Katherine Legge e Simona de Silvestro deram inicio a todo a carambola.

No grampo (hairpin) antes da reta de chegada, Silvestro tentava ultrapassar a lenta Katherine, com isso segurava os pilotos mais rápidos que estava para dar uma volta em cima das 2.

Ainda na tentativa de se manter à frente, Legge freou muito forte antes da curva e obrigou quem vinha atrás a frear subitamente. Helio, que defendia sua posição de Wilson por um traçado por dentro da curva acabou não conseguindo frear a tempo e empurrou a traseira do carro de Barrichello que ficou atravessado, como o próprio Helio e Justin Wilson, impedindo todos os demais pilotos de passar.

Como consequência para fins de classificação foi considerada a volta anterior, quando Barrichello ainda era 9ª e Castroneves 10º, mas Hélio foi considerado culpado pelo incidente e perdeu mais 3 posições, finalizando em 13º. (veja isso a partir do minuto 2:34):
Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

14 comentários:

João do Cassino disse...

toquezinho bem sacana do helio.
era ultima volta, o que ele queria???
ultrapassar 3 ao mesmo tempo??

no más, excelente corrida, super disputada.

excelent drive from rubens!!!

André Ribeiro disse...

Zé, acho que não foi o resultado da volta anterior, pois o Barrichello estava em oitavo, não em nono! E era a Legge e o Carpenter, a Simona já não estava mais na prova!

Felipe_Sbc disse...

Como pode o Briscoe, que estava atrás de Barrichello / Hélio ter ficado à frente deles no resultado final sendo que ele também não passou na linha de chegada na ultima volta? Ele terminou a 1m40.1271s do líder, sendo que uma volta tinha 1.10s?!?!.. Outra, não seria justo o Barrichello ficar a frente do Sato já que ele parou num ponto da pista mais a frente de onde o Sato ficou parado após sua batida com o Hunter Ray?

André Ribeiro disse...

Bom, sobre o Briscoe ter terminado à frente, repare que alguns terminam a prova pelos boxes, completando a volta...

José Inácio Pilar disse...

Epa! Nada de xingar aqui. Discordar sim, desrespeitar não.
Comentário apagado.

Anônimo disse...

Esse Castroneves é muito imprudente. Que manobra foi essa?! Vai aprender pilotar, piloto medíocre. Não sei como esse cara foi campeão nessa categoria!

Anônimo disse...

o castronoves fez o certo, tentou ganhar 3 posições, não deu e pronto, corridas são para ser corridas não desfiladas.

Anônimo disse...

O Helio Castroneves NÃO foi campeão nessa categoria. O que ele fez foi ganhar 3 vezes a corrida de Indianápolis...que tem tanto ou mais status que o título.

Adriano Souza

DARK disse...

Quando piloto ganhava UMA posição por ultrapassagem de "box" na F1, o planeta quase rachava ao meio, principalmente quando era com aquele alemão!

Rubinho pula do 22º herda várias posições graças a "loteria" das bandeiras amarelas, acidentes, quebras e erros de boxes dos rivais e o mundo diz que ele fez uma grande corrida. Se o Rubinho passou 4 carros na pista foi muito, ainda bateu seu carro em um rival e teve a cara de pau em dizer que merecia respeito por ter sido tocado no final. Romário disse que Rubens chegou agora e já quer sentar do lado da janela, menos Rubinho na Indy vc ainda não é ninguém.

Piloto ter que economizar combustível metade da corrida pra mim é uma grande piada, a Indy tem que mudar a dinâmica das provas. Hora de economizar combustível é justamente nessas várias voltas de bandeira amarela, depois tem que ir pra cima! O que eu vejo na Indy é muito troca-troca de posição nos boxes(agora ninguém reclama), exaltam tanto a Indy mas ultrapassagens na pista travada são poucas. Formula 1 às vezes alguém tem que controlar a mistura de gasolina no final, mas lá a corrida não é 80% em função de estratégia e loteria como ocorre na F.Indy. É tanta bandeira amarela que o comentarista da Band ficou perdido na prova. Ele ainda tinha descartado as chances de vitória de Will Power, disse que ele estava "morto" no meio do pelotão, só que Power é um especialista em pista travada. Acho que esse comentarista não sabe que na Indy até "pé de chinelo" pode vencer vindo lá do fundão. Hilário foi a pérola que ele disse depois da corrida:

"Olha, hoje a F.Indy passa e muito a F1 em termos de emoção, não tem nada a ver com as corridas burocráticas e sonolêntas da F1, comparado como essa corrida CHEIA DE ALTERNATIVAS como na F.Indy".

Deve estar ganhando bem pra caramba da emissora pra falar isso! Meteu o pau na F1, mas garanto que ele viu toda a corrida às 4:00 da madrugada, isso ele não comentou na Band. O cara não perde uma corrida da F1, essa que é a verdade!!!

Se a Indy é tão boa assim, então porque Rubens quer voltar a F1? Se é tão boa assim, porque a Band pelo menos não passa vt completo da prova de madrugada? Até entendo que não dá para competir com o "futeborzinho" Domingo a tarde, mas passar vt de 30 seg, é chamar o fãn da F.Indy de otário, nem todos tem internet em casa para ver a corrida pelo site da Band.

Por outro lado, nem tudo esta perdido na Indy, a gente observa as corridas desse NOVATO Simon Pagenaud e compara com os 19 anos de F1 do Rubinho...é de deixar qualquer um roxo de raiva!!! E o Pagenaud nem corre em equipe de ponta, esta na Schmidt/Hamilton Motorsports, mas ele sempre esta entre os ponteiros. Já o "nosso" Rubinho fica em uma baita choradeira-nheco-nheco-mimimi dizendo que não conhece o carro, a pista, os pneus, a cidade...reclama disso, reclama daquilo e ainda exige respeito!

Vai se acostumando com os toques Barrichello, esse quando for parar no muro em pista oval por causa de toque de rival, Jesus...aguenta as reclamações na mídia!

Rubinho ficou SEIS ANOS na "escolinha" Michael Schumacher na Ferrari, ao invés de ficar prestando atenção nas aulas, ficava reclamando do mundo! E sempre Rubens ia parar na "diretoria" para tomar puxão de orelha do trio: Todt-Brawn-Montezemollo. Foram 6 anos ao lado de Schumacher e não adiantou nada...quando teve que mostrar que podia ser campeão(pelo menos bom o suficiente para bater o companheiro, D.Hill conseguiu em 96), Rubens...pipocou, e ainda botou a culpa nos freios, tinha corrida em 09 que o Rubinho reclamava de tudo, isso quando a Brawn-GP dominava a F1:

Flávio Gomes, Rubinho e o rosário de lamentações no GP da Turquia 09(imperdível):
http://tvig.ig.com.br/esporte/automobilismo/rubinho+e+o+gp+da+turquia-8a49800e2b4a9e15012b4b9272b70d5e.html

Rubinho vai ter que "pedalar" muito pra convencer na Indy, e se ficar reclamando muito, também vai sair da categoria como bebê chorão!!!

Anônimo disse...

/\


Bla bla bla bla bla duh

André Ribeiro disse...

DARK, você está equivocado.

Pagenaud é muito menos Rookie que o Rubens.

E uma coisa é acostumar com um carro por 19 anos, outra é comecar a carreira e ir mudando de carro pra carro...
Enfim, há uma série de coisas a dizer sobre seus comentários,

Só sobre os freios na Brawn GP. Você acha que a Brawn era IDIOTA de tirar as calotas a toa?
é LÓGICO que havia problema de superaquecimento dos freios.

Flaviogometes não veem essas coisas, nem os brasileiros que não sabem quase nada de automobilismo

prof.negão disse...

Olha Andre Ribeiro,eu concordo com vc.Esse tal de dark só deve assistir a novelas e fazer tricô ...,não sabe nada de corridas,não sabe q o bom piloto tem q buscar a evolução do carro,para aí sim ser um campeão.Igual ao q o Airton Senna fazia,igual ao Barrichello,mas q não consiguiu ser campeão,por q estava na equipe certa,mas com o parceiro errado...!A Ferrari estava pobre de títulos e o schumi,trouxe Engenheiro,mecânicos,técnicos e patrocínadores,quando saiu da antiga Benetton.O Rubinho só trouxe o talento...Me diga,Dark(nome das trevas)quem tinha mais peso na balança da Ferrari?

prof.negão disse...

Sabe Dark,eu garanto q se colocar vc pilotando carrinho de trompa-trompa e ou carrinho de supermercado,vai ficar perdidinho...!Escuta o q o Andre esta dizendo,este cara sabe das coisas...para vc comentar ou criticar,tem q entender um pouquinho!

prof.negão disse...

Na década de 90,passei a ser fã de um piloto(apesar do enorme clube de piloto q eu sou fã,entre eles:Emerson Fittipaldi,Raul Boesel,Mauricio Gugelmin,Gil de Feran)era um piloto carismático q apesar de ter começado no automobilismo um pouco tarde(19 anos),para ele não fazia diferença,passou pelo kart e foi correr nos Estados Unidos.Na Indy,correu pela Tasman motorsport e na Penske,terminou sua carreira,se associando comercialmente com Roger Penske!
O seu nome é André Ribeiro...!