domingo, 29 de maio de 2011

GP de Mônaco - análise e resultados finais

Fim de semana festivo nas pistas do mundo. Primeiro um GP de Mônaco disputado como há muito não se via, com ultrapassagens arrojadas, forçadas e algumas desastrosas, desfazendo em parte o mito de que ninguém passa ninguém nas ruas do principado. Agradeça à Pirelli e ao inconformismo dos intrépidos pilotos.

Minha visão rápida e resumida dos 2 grande eventos automotivos de hoje:

GP de Mônaco - Corrida disputadíssima onde o traçado travado dificulta muito, mostrando que realmente o melhor carro ajuda (costuma largar em posições melhores e se sustentar melhor), mas não garante tudo, ou Alonso não teria chegado em segundo com sua errática Ferrari. Red Bull mais uma vez muito bem, preservando pneus além do que o esperado mesmo com a "troca bônus" na bandeira vermelha. Aplausos para Alonso e Button que foram fortes na pista. Kobayashi também merece ser reconhecido por seu pulo do gato chegando em 5º, ainda que superado por Webber no fim. A melhor chegada do Japonês até agora.

Hamilton...

Lewis Hamilton estava precisando tomar um Rivotril antes de largar: se comportou quase como um doido na pista. Ok, ser combativo é legal, todos gostamos de ultrapassagens ousadas, mas o bom senso tem que imperar, e não foi o que vimos, tanto que foi punido em 20 segundos (o que nada mudou na classificação) por tirar o pobre Maldonado da corrida depois de ja ter levado um drive-through por ter tentado fazer o mesmo com Massa, algo que também conseguiu, ainda que 2 curvas depois do impacto inicial.

Ainda sobre seu destempero, vale ver sua revoltada entrevista pós-GP:



Quanto aos demais, Force Índia, Toro Rosso, Lotus, Hispânia e Virgin se comportaram bem dentro daquilo que se esperava de cada uma delas, sem grande evolução de desempenho em relação ao que vimos nos GP´s passados. A se lamentar apenas o erro de Di Resta que acabou lhe custando posições e o bico e O fim de corrida de Sutil, que de um sólido 4º lugar caiu para 7º graças o "fim" de seus pneus. As Mercedes não foram bem, especialmente Rosberg e a Renault parece realmente cada vez mais longe das brigas por pódio mostradas nas duas primeiras etapas. Sobre a Williams, finalmente pontuou, e pontuaria mais se não fosse o possuído Hamilton jogar Maldonado no muro, mas tenho cá minhas dúvidas se essa melhora é real ou se foi a pista que ajudou (o mesmo vale pra Ferrari). Aguardemos, pois, o Canadá, onde - palpite meu - o jogo de forças entre as equipes deve voltar a ser mais próximo do que era no GP da Espanha.

Eis os resultados finais corrigidos:

Pos. PilotoEquipeTempo
1. Sebastian VettelRed Bull2:09:38.373
2. Fernando AlonsoFerrari+1.138
3. Jenson ButtonMcLaren+2.378
4. Mark WebberRed Bull+23.101
5. Kamui KobayashiSauber+26.916
6. Lewis HamiltonMcLaren+47.210
7. Adrian SutilForce India F1+1 Volta
8. Nick HeidfeldRenault+1 Volta
9. Rubens BarrichelloWilliams+1 Volta
10. Sebastien BuemiScuderia Toro Rosso+1 Volta
11. Nico RosbergMercedes Grand Prix+2 Voltas
12. Paul di RestaForce India F1+2 Voltas
13. Jarno TrulliLotus F1+2 Voltas
14. Heikki KovalainenLotus F1+2 Voltas
15. Jerome d` AmbrosioVirgin Racing+3 Voltas
16. Vitantonio LiuzziHRT F1 Team+3 Voltas
17. Narain KarthikeyanHRT F1 Team+4 Voltas
Não terminaram
18. Pastor MaldonadoWilliams+5 Voltas
19. Vitaly PetrovRenault+11 Voltas
20. Jaime AlguersuariScuderia Toro Rosso+12 Voltas
21. Felipe MassaFerrari+46 Voltas
22. Michael SchumacherMercedes Grand Prix+46 Voltas
23. Timo GlockVirgin Racing+48 Voltas

7 comentários:

Leonardo Caldas disse...

De cabeça quente TODO MUNDO fala merda!!!!
eu, o jose inácio , o hamilton...
.
tenho certeza que ele não pensa isso. Foi irônico, pois falou que seria o que o Ali G tbm falaria, dá até pra ver um certo embaraço dele após falar que era pelo racismo!!!
.
o fato é que essas picuinhas fazem parte de qualquer esporte, e que bom que o hamilton não gosta de perder, precisavamos de muitos mais pilotos com esse espírito na F1!!!
.
Agora palhaçada essa coisa de poder mexer nos carros depois de uma bandeira vermelha! regra ridícula e injusta ao extremo, pois beneficiou e muito quem estava com pneus aos frangalhos como o Vettel, e o Hamilton que sem isso não chegaria ao final com aquele aerofólio traseiro.

Emilius disse...

Seguidamente o Hamilton anda falando besteiras...Ele ta precisando de acompanhamento.

Corrida legal, um bom fim de semana para o automobilismo.

Felipe _ SBC disse...

Achei que o Hamilton forçou muito a barra com o Maldonado, mas com o Massa não.. ele ja tinha colocado o carro por dentro e quando o Massa o vê, tenta fechar a porta, não tinha como o Hamilton desfazer o que ele ja tinha feito. Sobre a corrida do Barrica, dessa vez ele deu muito azar... se tivesse parado 2 voltas depois que parou, teria sido 4o, haja visto que ele estava logo a frente do Sutil e do Koba quando parou, então teve o acidente, safety car e quando ele parou voltou atras do líder (Vettel) e não podia ultrapassa-lo.. de qualquer forma foi uma ótima corrida. Abs

Cléber Fabbri disse...

A bandeira vermelha e a permissão de troca de pneu sacaneou o nosso Barrica, que tinha acabado de parar, né?

Fla_barrichello disse...

ótima corrida!
Fazia muito tempo que eu não ficava tão agitada durante a corrida!
Muito bom o Rubinho ter pontuado, e no Canadá podemos ver se realmente se houve uma melhora no carro!!!
Em relação ao Hamilton, ele estava possuido mesmo...rss...só o final da corrida que perdeu a graça com aquele relugamento muito chato!

Anônimo disse...

Olá,
A corrida foi fenomenal.
Muito boa. Ótima atuação do HellMinton, o cara estava possuído.
Seria muito bom se todas as corridas fossem competitivas assim.
Inácio, parabéns pelo blog, excelente. Espero que arranje um patrício rápido. Adoro os seus posts.
Grande abraço aos fãs de automobilismo e aos que não são fãs também.

ivansc disse...

Concordo com relação ao desempenho da Williams, a pista pode ter favorecido