terça-feira, 27 de maio de 2014

A evolução da pequena Marussia


Em sua quinta temporada na Fórmula 1, finalmente a Marussia marcou seus primeiros pontos na categoria! A equipe russa, considerada nanica tanto por seu orçamento financeiro magérrimo como por seus recursos técnicos limitados na sede inglesa, entretanto é formada por gente competente e que consegue extrair o máximo desse mínimo que dispõe. Prova disso são os pequenos avanços técnicos que o carro apresenta de tempos em tempos.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Agora na fase européia, por exemplo, eles passaram a usar um novo bico, com aquele "espeto" na extremidade dianteira redesenhado, ganhando um desenho mais alongado e fluido até a parte do bico, entre as hastes de fixação da asa dianteira, como vemos na comparação com a peça anterior acima. Além disso também veio com uma discreta aba cobrindo parte das extremidades laterais da asa.

Parecem pequenas bobagens comparadas à infinidade de peças complexas que as equipes ricas estreiam de tempos em tempos, mas certamente junto à competência do grupo e ao eficiente Bianchi, ajudou na conquista que os colocou à frente na feroz disputa com a Caterham e por enquanto até da Sauber, que atravessa sua pior crise em mais de 20 anos na categoria. Clique na imagem para ampliá-la

4 comentários:

Eduardo P Mello p disse...

Fiquei muito feliz com o resultado da MARUSSIA,UMA EQUIPE QUE VEM BATALHANDO EM TODOS OS GPS.ótimo,e sae daquela mesmice das grandes...queria que alguém me enformasse,mas acho que o bia quebrou o recorde de de shumi e massa dos pilotos que tiveram mas sequência de gps sem abandono.

Marcos Vinicius S.Tavares disse...

Na minha opinião a F1 tinha que padronizar para que TODAS as equipes poderiam utilizar no ano 3 tipos de ASA dianteira, o que isso diminuiria nos custos da categoria seria IMENSO.

Anônimo disse...

Não foi o Bianchi, foi o Chilton, e sim ele conseguiu

Catanho disse...

Inacio, a evolução deles foi maior, pois acompanhei, em algum site, as voltas mais rápidas de Monaco, e eles ficaram em torno da 6ª ou 7ª melhor volta da prova, deixando algumas equipes medianas e talvez alguma grande para traz. Vc pode confirmar está minha observação das voltas rápidas? Pois acho isso um grande avanço.
Abraços
Catanho