sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Testes do Bahrein - 3º dia


E no terceiro e penúltimo dia de testes dessa semana, mais uma vez os carros equipados com motores Mercedes sobraram à frente, seguidos pelos Ferrari e Renault. Aliás, Red Bull e Lotus andaram bem pouco hoje. A equipe campeã deu apenas 28 voltas e a dos carros pretos e dourados 26. A Toro Rosso andou razoavelmente, 57, e Caterham, com seu piloto novato Marcus Ericsson liderou uma vez mais a esquadra francesa pelo menos quanto à durabilidade com 98 voltas completadas no circuito barenita, ainda que sem ser rápido.

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Quem também andou bastante foi a Williams, que pela manhã teve Valteri Bottas ao volante (ele não marcou tempo, só simulou pit-stops) e à tarde Felipe Massa que também fez essas simulações mas chegou a completar voltas devendo voltar a guiar amanhã o dia todo. Juntos eles deram ótimas 115 voltas, seguidos pela McLaren de Jenson Button com igualmente boas 103 passagens segundo a cronometragem extra-oficial.

Entre o pelotão que utiliza os motores da Ferrari, coube à suíça Sauber pilotada por Estéban Gutiérrez liderar a folha de tempos com seu 4º lugar e também de maior número de voltas registradas: 96.

Quem não foi muito bem hoje no quesito quilometragem foi a própria Ferrari, que devido a problemas na sua telemetria andou menos, apenas 44 com Kimi Raikkonen. Na lanterna de quem marcou tempo ficou a Marussia, com apenas 4 giros. O mais rápido do dia foi Lewis Hamilton, da Mercedes, com 1.34:263. Abaixo segue a tabela de tempos, ressaltando entretanto que ela não mostra necessariamente a ordem de forças das equipes nessa temporada:

5 comentários:

Anônimo disse...

Motores Mercedes continuam rendendo muito mais. Motores da Ferrari deram mais voltas com a Sauber do que com a própria dona, vai entender...

Anônimo disse...

A Williams tem um bom carro para o início da temporada (rápido e durável), isso já está evidente. E dessa forma, espero que o Felipe Massa de 2014, seja pelo menos no mesmo nível daquele de 2008. Aí sim vai ser interessante.

Wesley Baeninger disse...

Estranho este caso da Renault, a Caterham, deu 98 voltas, o que demonstra que o motor aguenta, mas e as outras? andaram bem pouco...pior que ninguém revela nada.

Anônimo disse...

Acho q a Caterhan qndo projetou o seu carro, foi visando a refregeração do carro e nao o desempenho...por isso eles estão bem...a Rbr fez um carro bom aerodinamicamente, porém nao refregera bem o motor...

Anchor23 disse...

A Caterham tem menos problemas talvez pelo desenho da frente do carro, que menos perdeu a área frontal livre para a passagem de ar. Apesar do discutível desenho se mostra mais eficiente.