terça-feira, 26 de março de 2013

Webber e Vettel falam sobre o ocorrido

Nessas entrevistas individuais (em inglês) após o pódio e também após a coletiva de imprensa da FIA, Mark Webber e Sebastian Vettel falam sobre o acontecido na pista, com o australiano ainda bem aborrecido, tentando se conter, reiterando o respeito ao companheiro, lembrando que as pessoas que assistem e opinam de fora não sabem sobre tudo que acontece lá dentro e agradecendo as 3 semanas de intervalo que terão até o GP da China, isso ao lado da assessora de imprensa da equipe que fica de olho em tudo!

O alemão por sua vez reitera seu pedido de desculpas e diz que vai se entender e dar satisfações à Red Bull e ao companheiro, não dando tanta importância às críticas que as pessoas estão fazendo, mas respeitando essas opiniões também, mas admitindo "eu estraguei as coisas hoje e peço desculpas". Em tudo isso Webber tem razão: ainda bem que haverá três semanas de intervalo até o próximo GP, quem sabe até lá as coisas esfriam um pouco e se esclarecem, com os dois acertando os ponteiros pelo menos até o final do ano...

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

9 comentários:

Anônimo disse...

piloto corre pra vencer, por isso Vettel é tri-campeão, webber, massa e rubens não o são.
isso mesmo Vettel, fuck off

Murilo disse...

Anônimo. vc disse que Webber, Massa e Rubens não são pilotos. E eu me pergunto, porque você não está lá para correr no lugar deles?! Pelo jeito que vc critica, talvez, sendo piloto excepcional que deve ser, faria diferente.

Leo Santojo disse...

Esse ai nao deve nem conseguir estacionar um Fiat Uno numa vaga espaçosa.

Anônimo disse...

o bone... numero 2...fica meio subinconsciente..

Murilo disse...

De fato, Anônimo..."o bone... numero 2...fica meio subinconsciente..", quer dizer que se ele tivesse usando o boné número 22 ele estaria em alguma equipe no fundo do grid?

Nando Dias disse...

Não imagino um Senna um Piquet, um Gilles Villeneuve,um Alan Jones,um Carlos Reutimann, ou um Emerson Fittipaldi respeitando uma ordem de boxes para, tendo mais carro, não ultrapassar o companheiro de equipe há não ser que já sem chance este esteja dependendo do resultado para ser campeão. a F1 de hoje é negócio e não corrida

Gustavo disse...

O que os desinformados que comentam aqui não entendem é que o Vettel foi sujo. A ordem da equipe não foi a de "não ultrapassar" diretamente. Ela deu outra ordem, que até poderia ter essa consequência, que foi: "reduzam o regime de seus motores". Vettel ultrapassou Webber sem reduzir o motor. Virtualmente, o alemão tinha uns 2 cilindros a mais o empurrando. Por isso foi covarde e sujo. Se ele quisesse brigar pela posição, que dissesse no rádio: "Não vou reduzir o regime do meu motor. Quero brigar pela P1!" Ok, daí a equipe diria ao Webber para não reduzir o motor dele e brigariam em IGUALDADE.

Anônimo disse...

Esse ai em cima sabe até quantos cilindros Vettel tinha a mais no carro...hahahahhahaha..parabéns, vc tem informações sobre a RBR que qualquer equipe gostaria de ter ¬¬

Meu Deus esses fãs do Alonso estão cada vez mais alienados..tsc tsc tsc

Anônimo disse...

Blah... Blah... Blah! Se a RBR, a única que tem alguma coisa a ver com o ocorrido, não gostou, ela que puna o Vettel.

Corrida boa é corrida disputada, com cada um dos pilotos assumindo seus riscos para vencer.

Crianças alimentadas com a rica mistura de leite com pêra, vão jogar seu video game e parem de falar besteira. Querem ver desfile, vão para uma fashion week.