terça-feira, 24 de julho de 2012

SUPER POST: Balanço de meio de temporada




Como foi o campeonato de Fórmula 1 até a 10ª etapa do mundial, marcando a exata metade da temporada. Lembro que os números abaixo já consideram as posições de largada e chegada com eventuais punições computadas (senão Schumacher, por exemplo, teria uma pole conquistada em Mônaco, Vettel um pódio a mais e Raikkonen um a menos pela corrida passada, etc):

A temporada em si continua muito disputada, com as equipes médias (Williams, Force Índia, Sauber e um pouco atrás, Toro Rosso) se metendo entre as grandes, que várias vezes amargam resultados ruins nas pistas sem ter o azar, chuva ou problemas técnicos a quem culpar, criando uma situação onde virtualmente mais da metade do grid pode sonhar em chegar ao pódio.


Na luta pelo título Alonso é favorito, mas tudo pode mudar rapidamente, como Vettel, Hamilton e Button, que foram lideres no começo do ano, sabem bem. Na McLaren há esperanças que a queda de desempenho do carro tenha sido revertida com as novidades do último GP, reaproximado-os das vitórias já distantes. Red Bull continuam fortes, mas sem larga margem e Ferrari, que nasceu como um carro terrível correu atrás e hoje se não tem o melhor carro do grid (o melhor piloto, sim) está lá na frente.

As Mercedes continuam não repetindo em corrida o bom desempenho das classificações, Schumacher está melhor, ao passo que na Lotus Grosjean, quando acerta é muito bom, mas quando dá para cometer erros, erra feio e Kimi, "o fora de forma" é assíduo frequentador de pódios e já o 4º na campeonato de pilotos, só atrás de Alonso e da dupla dos energéticos, isso só para falar nas equipes ditas principais, porque no pelotão do meio a coisa anda muito parelha, se misturando com esse grupo acima.

Sobre os brasileiros, eles estão devendo, ora porque realmente enfrentam má sorte, ora porque simplesmente não conseguem tirar tudo de seus carros como seus companheiros, mas Massa parece estar numa rota ascendente tanto que, quando não tem a má sorte que falei ou comete algum errinho custoso (rodada no Canada, toque na Alemanha), mostra na pista e no cronômetro desempenho bem próximo ao de Alonso.

Na Williams Bruno Senna também se envolveu em batidas evitáveis, independente da culpa, ora dele ora dos outros, e precisa pontuar com mais frequência para ajudar a equipe, e para isso ele tem que se classificar melhor, algo que continua sendo seu calcanhar de aquiles esse ano, embora ela seja mais regular que seu companheiro nos resultados.

Com meia temporada pela frente, ainda dá para os dois brasileiros virarem o jogo e asseguram vagas para 2013, muito provavelmente na Ferrari para Felipe e no caso de Senna a Williams pode não ser sua única ou mesmo a principal alternativa, já que o reserva Valteri Bottas está com um pé la dentro e o rapidíssimo mas as vezes estabanado Maldonado tem seus petrodólares na bagagem.

No fundão HRT e Marussia cumprem tabela e a Caterham, embora descolada desses duas, ainda não conseguiu entrar no bolo da frente, mostrando que a evolução de uma equipe de F1 demora tempo (e dinheiro), independente da ambição e solidez do projeto, ainda bem diferentes entre essas três equipes.

E você, qual o seu balanço de meio de temporada dos pilotos e equipes? Quem lhe parece bem e mal, que você acha que está melhorando e piorando? Aguardo os seus comentários no fim desse post!

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1


Pontuação no campeonato de pilotos:
1. Fernando Alonso – 154
2. Mark Webber – 120
3. Sebastian Vettel – 110
4. Kimi Räikkönen – 98
5. Lewis Hamilton – 92
6. Nico Rosberg – 76
7. Jenson Button – 68
8. Romain Grosjean – 61
9. Sérgio Pérez – 47
10. Kamui Kobayashi – 33
11. Pastor Maldonado – 29
12. Michael Schumacher – 29
13. Paul di Resta – 27
14. Felipe Massa – 23

15. Nico Hülkenberg – 19
16. Bruno Senna – 18

17. Jean-Éric Vergne – 4
18. Daniel Ricciardo – 2
19. Heikki Kovalainen – 0
20. Vitaly Petrov – 0
21. Timo Glock – 0
22. Charles Pic – 0
23. Narain Karthikeyan – 0
24. Pedro de la Rosa – 0



Pontuação no campeonato de equipes:
1. Red Bull - 230
2. Ferrari – 177
3. McLaren – 160
4. Lotus – 159
5. Mercedes – 105
6. Sauber – 80
7. Williams – 47
8. Force Índia – 46
9. Toro Rosso – 6
10. Caterham – 0
11. Marussia – 0
12. HRT – 0




Vitórias por pilotos:
3 – Alonso
2 – Webber
1 – Button, Maldonado, Rosberg, Hamilton e Vettel


Vitórias por equipes:

3 – Ferrari e Red Bull
2 – McLaren
1 – Williams e Mercedes



Largadas na primeira fila por piloto:

6 – Hamilton
4 – Vettel
3 – Alonso
2 –
Webber, Rosberg e Button
1 – Maldonado

Largadas na primeira fila por equipe:
8 – McLaren
6 – Red Bull
3 – Ferrari
2 – Mercedes
1 – Williams

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

Disputa entre pilotos de mesma equipe em posição de largada:
Alonso 10 x 0 Massa
De la Rosa 10 x 0 Karthikeyan
Ricciardo
9 x 1 Vergne
Hamilton 7 x 3 Button
Grosjean
7 x 3 Raikkonen
Kovalainen 7 x 3 Petrov
Maldonado
7 x 3 Senna Di Resta 6 x 4 Hülkenberg
Kobayashi
6 x 4 Pérez
Rosberg 6 x 4 Schumacher

Glock 6 x 4 Pic
Vettel
5 x 5 Webber

Disputa entre pilotos de mesma equipe em posição de chegada:

Alonso 10 x 0 Massa
De la Rosa 9 x 1 Karthikeyan
Raikkonen
8 x 2 Grosjean
Glock
7 x 3 Pic
Hamilton 6 x 4 Button
Di Resta 6 x 4 Hülkenberg
Rosberg 6 x 4 Schumacher
Ricciardo
6 x 4 Vergne
Senna
6 x 4 Maldonado
Kobayashi
5 x 5 Pérez
Petrov 5 x 5 Kovalainen
Vettel 5 x 5 Webber

Pole Positions por pilotos:
3 – Vettel
2 – Hamilton e Alonso
1 – Rosberg, Webber e Maldonado

 
Poles Positions por equipes:

4 – Red Bull
2 – Ferrari e McLaren
1 – Williams e Mercedes


Pódios por pilotos:
6 – Alonso
4 – Raikkonen e Hamilton
3 – Button e Vettel
2 – Pérez, Webber, Grosjean e Rosberg
1 – Maldonado e Schumacher


Pódios por equipes:
7 – McLaren
6 – Ferrari e Lotus
5 – Red Bull
3 – Mercedes
2 – Sauber
1 – Williams



Voltas mais rápidas por pilotos:
2 – Vettel e Raikkonen
1 – Grosjean, Schumacher, Pérez, Button, Rosberg e Kobayashi

Voltas mais rápidas por equipes:
3 – Lotus
2 – Red Bull, Sauber e Mercedes
1 – McLaren

Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1

13 comentários:

willian kimieck disse...

inacio vc não comentou das STR

willian kimieck disse...

e da force índia ou não tinha nada de bom pra falar delas

davies rodrigues disse...

Boa Noite José Inácio, estou mandando uma notícia que saiu a pouco sobre a Saber e Volks e gostaria de saber como posso contata-lo? Abraços Davies N. Rodrigues

PS: Segue ao lado o link da notícia > http://daviesrodrigues.blogspot.com.br/2012/07/sauber-confirma-conversar-com-gigante.html

Anônimo disse...

Pra quem diz que Rubinho devia estar no lugar de Bruno na Williams...um balde d’água fria!!

Pela pontuação da F1 atual, Rubinho somaria apenas 14 pontos em 11 corridas, menos até que Bruno que tem 18 pontos em 10 provas!

Se Bruno esta fraco na F1, a situação de Rubinho esta pior na Indy...

Anônimo disse...

Campeonato começou a ficar sem graça, porque o único que podia buscar Alonso na tabela era justamente Vettel. Webber esta pilotando muito bem, mas pra brigar com um piloto como Alonso no áuge…sem chance! Já Vettel é mais lutador e as chances são maiores, se não fosse a quebra de alternador na EUR e essa punição RIDÍCULA na ALE estaria com 143 pontos. Ou seja, em termos de piloto Vettel tem condições de bater Alonso(que esta com a bunda virada pra lua, o carro não quebra nem a pau), ele também fez corridas vindo lá de trás e ninguém tirou ele da prova em acidente.

A RBR que comece a fazer como a Ferrari, focar em apenas em UM PILOTO, senão…adeus temporada! Alonso tem agora a vantagem de ter um carro muito bom pra treino e corrida, esta no áuge ao volante, além de não tem companheiro forte na equipe pra lhe tirar pontos. Pelo contrário, Massa agora mais do que nunca tem que ajudar Alonso. Coisa rara vai ser ver Massa a frente de Alonso pra abrir passagem, ele só larga atrás e fica longe nas corridas, mas se acontecer:

“Felipe, Fernando is faster than you”

E ninguém pode reclamar de jogo de equipe porque isso esta liberado em 2012! Já que ele só fica longe do espanhol, então a obrigação de Massa pra garantir vaga na Ferrari em 2013 é tirar pontos de Webber, Vettel e Lewis...tarefa também complicada.

Em termos de tabela, a pior fase de Alonso por incrível que pareça, foi justamente na primeira corrida onde estava 15 pontos do líder do mundial. Mesmo com um carro ruim no começo do ano, Alonso sempre esteve próximo do topo da tabela, a coisa não era tão dramática assim.

O carro de Alonso não esta bem nas primeiras 4 corridas, mas a sorte e o talento do espanhol sempre estiveram por perto, principalmente nas provas da Malásia e Europa, foram 50 pontos que fizeram muita diferença até aqui.

Atualmente Alonso é o piloto que mais liderou o mundial, foram 5 vezes, já é um domínio pra 10 provas. O espanhol a 6 provas não pode reclamar que não tem carro bom, em termos de confiabilidade é o melhor dos que lutam pelo título. A temporada extremamente equilibrada ajudou muito Alonso a se recuperar, agora que ele tem carro forte…vai ser complicado tirar e diferença na tabela. A péssima temporada de Massa deu entender que o carro Ferrari era um lixo, mas não é bem assim, Alonso admitiu que o carro era novo e complexo de desenvolver, mas com a evolução o carro melhorou muuuuito! Quem continua péssimo é Felipe, o carro melhora e ele não? Tem alguma coisa errada é com Felipe que não se “entende” com nenhum carro da Ferrari desde 2010.

1)Austrália
1-Jenson Button,25
2-Sebastian Vettel,18
3-Lewis Hamilton,15
4-Mark Webber,12
5-Fernando Alonso,10(15 pontos atrás do líder)

2)Malásia
1-Fernando Alonso,35(Liderando com 5 pontos a frente)
2-Lewis Hamilton,30
3-Jenson Button,25
4-Mark Webber,24
5-Sergio Pérez,22

3)China
1-Lewis Hamilton,45
2-Jenson Button,43
3-Fernando Alonso,37(8 pontos atrás do líder)
4-Mark Webber,36
5-Sebastian Vettel,28

4)Bahrain
1-Sebastian Vettel,53
2-Lewis Hamilton,49
3-Mark Webber,48
4-Jenson Button,43
5-Fernando Alonso,43(10 pontos atrás do líder)

5)Espanha
1-Sebastian Vettel,61
2-Fernando Alonso,61(Liderando ao lado de Vettel)
3-Lewis Hamilton,53
4-Kimi Raikkonen,49
5-Mark Webber,48

6)Mônaco
1-Fernando Alonso,76(Liderando com 3 pontos a frente)
2-Sebastian Vettel,73
3-Mark Webber,73
4-Lewis Hamilton,63
5-Nico Rosberg,59

7)Canadá
1-Lewis Hamilton,88
2-Fernando Alonso,86(2 pontos atrás do líder)
3-Sebastian Vettel,85
4-Mark Webber,79
5-Nico Rosberg,67

8)Europa
1-Fernando Alonso,111(Liderando com 20 pontos a frente)
2-Mark Webber,91
3-Lewis Hamilton,88
4-Sebastian Vettel,85
5-Nico Rosberg,75

9)Inglaterra
1-Fernando Alonso,129(Liderando com 13 pontos a frente)
2-Mark Webber,116
3-Sebastian Vettel,100
4-Lewis Hamilton,92
5-Kimi Räikkönen,83

10)Alemanha
1-Fernando Alonso,154(Liderando com 34 pontos a frente)
2-Mark Webber,120
3-Sebastian Vettel,110
4-Kimi Räikkönen,98
5-Lewis Hamilton,92

Anônimo disse...

Outra disputa interessante seria a batalha pelo Q3, tem muito piloto que esta tomando um "chocolate" do companheiro pra 10 provas...

Anônimo disse...

Uma correção: Atualmente Alonso é o piloto que mais liderou o mundial, foram SEIS vezes, uma ao lado de Vettel no GP da Espanha, o homem esta impossível mesmo! A RBR pode ter até o melhor carro, mas o que adianta se tem que dividir atenção com dois pilotos. A vida de Vettel não esta fácil, ele tem 3 fortes rivais pra bater:

1) Webber na equipe que não vai fazer jogo de equipe.
2) O AZAR que apareceu para o alemão em 3 provas: MAL, EUR, ALE
3) E Alonso que esta no áuge em tudo, ele não tem falta de sorte a muito tempo, se for observar Alonso só não foi bem na CHN e BHA, só que ele marcou 8 pontos, esses pontos podem ser decisivo na reta final. Os rivais mais próximos Webber e Vettel gostariam muito de ter feito 7º e 9º em pelo menos duas corridas que não foram tão bem, principalmente o alemão que não pontuou em duas corridas, muito graças a falta de sorte.

Anônimo disse...

Dias contados do sobrinho na Williams...

Sócio, Toto Wolff se torna diretor executivo da Williams
http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,socio-toto-wolff-se-torna-diretor-executivo-da-williams,904682,0.htm

No vaivém do mercado para a temporada 2013, a nova função de Wolff pode se tornar um problema para Bruno Senna, já que Valtteri Bottas, atual piloto de reservas da Williams, possui a carreira gerenciada pelo dirigente austríaco.

Michael Harteman disse...

Que Post fantástico esse!! Parabéns!! Assim que puder de uma olhadinha no meu simpático Blog!! michaelnogrid@blogspot.com

Anônimo disse...

Zé Inácio, no GP da Bélgica depois da primeira curva o que não falta é piloto cortando por fora da pista, quero ver como vai ser esse ano com essa regra RIDÍCULA de não poder usar pista por fora pra ultrapassar. O que vai bater de carro na Bélgica após a largada...ou será que muitos VÃO SIM USAR, o lado de fora e que se dane?

Olhe abaixo a "festa" na saída da primeira curva, 2008 F1 review Belgium:
http://www.youtube.com/watch?v=2GfvNTgstwQ&feature=related

Observe abaixo, Kimi na mesma pista largando em quarto, depois ele leva ENORME VANTAGEM ultrapassando por fora para assumir a terceira posição. Ninguém apareceu para reclamar.

Kimi Raikkonen Fantastic Start in SPA Onboard
http://www.youtube.com/watch?v=QMse73dgLrg&feature=related

Agora desde que inventaram essa PORCARIA DE REGRA a partir do GP da Inglaterra 2012, quero ver como vai ficar...os pilotos vão ficar cada vez mais inibidos para ultrapassar.

Deixa os caras se "pegarem" na pista, coisa patética essa de definir resultados depois da prova. Vettel no mínimo tinha que ficar com a terceira posição no GP da Alemanha.

Cartolagem só fod...o esporte.

Jean Tondello disse...

Grande post José Inácio, muito bom as comparações entre equipes e pilotos.

Claudio disse...

Grande Inacio, excelente materia.
Em relação ao que foi postado, as 3 primeiras equipes, nenhuma novidade, já esperava essa disputa. Confesso que esperava uma Force India melhor. A Willians! sem novidade, estão pagando pela inexperiencia. Dinheiro nao é tudo. E creio que cairam na tabela. ficando apenas a frente da Toro Rosso. Falando de pilotos, surpreso pela regularidade do Homem de Gelo, Alonso se tornou o homem a ser batido, principais rivais: Webber e Button, discretos, mas regulares. Massa E Bruno desempregados!!!. Se estou certo ou não, vamos saber quando você fizer o segundo post no termino do campeonato. Aos que não conseguem deixar o Barrichello em paz, posso dizer o seguinte: Tem muita agua pra passar embaixo da ponte. Saudações Inacio #tamojunto

Shinji Nakano disse...

Se existir dopping na F1, o Alonso tá correndo dopado, só pode. O cara tá demais!

Só uma coisa, mostrando como essa temporada foi/é melhor, em 2011 apenas 4 equipes conseguiram pódios. Neste já foram 7, embora dificilmente Force India ou Toro Rosso consigam um.