terça-feira, 29 de maio de 2012

Veja quanto cada piloto ganhou nas 500 Milhas de Indianápolis

Esses são os valores dos prêmios (em dólares) distribuídos pela organização das 500 Milhas de Indianápolis a todos os seus trinta e três participantes (inclusive a dupla desclassificados da pífia Lotus, Jean Alesí e Simona de Silvestro).

Só que nem tudo não chega nas mãos dos pilotos, pois cerca de 40% fica com a Receita Federal Americana e outra generosa fatia do que resta é dividida com a equipe, mas ainda assim "dá para fazer uma boa feira" como dizia Maguila.

Pelo que sei, os valores da premiação tem como base a posição de chegada, se o piloto é novato, se ele liderou a corrida, etc:


Curta a página do BLOG no FACEBOOK clicando AQUI e siga-me no Twitter: @inacioF1


1. Dario Franchitti, $2.474.280
2. Scott Dixon, $1.102.280
3. Tony Kanaan, $636.580
4. Oriol Servià, $443.430
5. Ryan Briscoe, $489.930
6. James Hinchcliffe, $357.680
7. Justin Wilson, $303.430
8. Charlie Kimball, $277.655
9. Townsend Bell, $251.305
10. Hélio Castroneves, $308.930
11. Rubens Barrichello, $331.080

12. Alex Tagliani, $252.205
13. Graham Rahal, $306.680
14. JR Hildebrand, $306.680
15. James Jakes, $252.555
16. Simon Pagenaud, $303.680
17. Takuma Sato, $301.755
18. Ernesto Viso, $303.430
19. Michel Jourdain Jr, $253.305
20. Sébastien Bourdais, $252.805
21. Ed Carpenter, $304.930
22. Katherine Legge, $303.680
23. Bia Figueiredo, $252.805
24. Marco Andretti, $368.480
25. Josef Newgarden, $257.805
26. Sebastian Saavedra, $256.305
27. Ryan Hunter-Reay, $346.680
28. Will Power, $310.430
29. Mike Conway, $305.430
30. Bryan Clauson, $258.055
31. Wade Cunningham, $251.555
32. Simona de Silvestro, $303.430
33. Jean Alesi, $251.555

6 comentários:

Julio Barbosa disse...

O Sato poderia ter calculado melhor a manobra ou ter pensado melhor na posição dele.

Entendo a vontade de chegar na frente, mas...

Anônimo disse...

Agora eu entendo pq os pilotos ficam "velhos" e continuam "amando" o que fazem!!!

Paulo-MG

CharlesSJ disse...

Julio Barbosa que comentário de perdedor, bem brasileiro... vamos pensar igual o Cigano:
Ganho por nocaute no 2º round!
Qualquer outro brasileiro: "Se Deus quiser, a gente chega lá, vai ser um (jogo, corrida, torneio, etc) bem difícil vamos ver se a gente consegue sair vencedor hoje"
Quem vai estar no vácuo do 1º faltando uma volta e vai dizer, ahh melhor o segundo lugar mesmo? Só a geração coca cola do Brasil mesmo!

Anônimo disse...

Inacio, então o Hélinho tá atolado no dinheiro com essas 3 vitorias.. ?

Julio Barbosa disse...

Eu entendo Charles, mas o Sato é o Sato... Dava para ver claramente que ele ia ser fechado :) A oportunidade além de fazer o vencedor, faz um perdedor também, assim como fez.

Apenas defendo que ele poderia ter previsto. Tenho meu ponto de vista e prefiro um estilo mais limpo e inteligente.

Sem ofenças (rs), mas 'comentário brasileiro' você pega pesado.

Julio Barbosa disse...

Opa! :) Não xinga de brasileiro, que você também é hein... (rs)

Seginte, prefiro o estilo inteligente e limpo Charles. Estava mais claro e azul que o céu acima da pista que ele ia ser fechado. Continuo achando burrice a manobra dele.

Ele conseguiria, com certeza absoluta, grudar no vácuo mais à frente com uma definição melhor na sua posição de ultrapassagem.

No final das contas, não.somente pelo dinheiro ou pelo texro do Inácio, mas também por uma coisinha que se chama campeonato de pilotos.