sábado, 10 de setembro de 2011

Classificação do GP da Itália de F1 - Resultados e análise

E lá foi Sebastian Vettel conquistar mais uma pole position em sua jovem e prolífica carreira. Apesar dessa não ser, em tese, uma pista ideal para seu carro que não tem o melhor motor do grid no quesito potência (Mercedes e Ferrari estariam um pouco à frente, em tese), a superioridade de seu carro e pilotagem aniquilaram qualquer esperança de Hamilton e Button, que abortaram suas últimas tentativas de fazer a pole quando perceberam que não tinham parciais boas o suficiente, o que dá entender que a diferença entre Vettel e eles talvez não seja tão grande assim.

Entre as duas equipes Fernando Alonso conseguiu espremer sua Ferrari, mostrando que Webber realmente não tem capacidade, ao menos em classificações, de ameaçar a supremacia de Vettel em número de poles position esse ano.

Massa larga em sexto, 0.4 atrás de Alonso,  Petrov conseguiu uma boa sétima posição, à frente de Schumacher e Rosberg, e Senna preferiu não andar no Q3 para poupar um jogo de pneus macios para a corrida.

Depois vem às 2 Force-Índia, de quem esperava um pouco mais, as duas Williams, que mesmo quase meio segundo atrás de Sutil e Di Resta ficaram à frente das 2 Sauber e Toro Rosso, de quem se esperava maior combatividade. Na Williams Barrichello larga na frente, o que não quer dizer muita coisa mas sempre conta uns pontinhos agora que negocia sua renovação para 2012. Na equipe Suíça Sérgio Perez mais uma vez vem dando trabalho à Kobayashi, que apesar de muito combativo e arrojado começa a dar a impressão que talvez não tenha a mesma velocidade pura do Mexicano.

As Toro Rosso decepcionaram um pouco, sobretudo Alguersuari que vinha de uma ótima 6ª colocação na largada de Spa e aqui foi eliminado ainda no Q1.

Entre as nanicas o veterano Trulli ficou à frente de Kovalainen, dando um sinal aos que já o descartam em 2012 de que ainda tem alguma lenha pra queimar agora que se acertou com a nova direção hidráulica da Lotus. Glock e D´Ambrosio com tempos muito próximos e na Hispânia Liuzzi levou a pior de Ricciardo.

É isso. Quem eu aposto pra ganhar? Vettel, mas o ritmo de prova das McLaren deverá ser sensivelmente melhor que o visto da classificação e podem melar a festa da turma do energético.

POS.   PILOTO   EQUIPE-MOTOR   TEMPO   DIFERENÇA

01. Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1m22.275
02. Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1m22.725 + 0.450
03. Jenson Button McLaren-Mercedes 1m22.777 + 0.502
04. Fernando Alonso Ferrari 1m22.841 + 0.566
05. Mark Webber Red Bull-Renault 1m22.972 + 0.697
06. Felipe Massa Ferrari 1m23.188 + 0.913
07. Vitaly Petrov Renault 1m23.530 + 1.255
08. Michael Schumacher Mercedes 1m23.777 + 1.502
09. Nico Rosberg Mercedes 1m24.477 + 2.202
10. Bruno Senna Renault - Sem tempo no Q3
Eliminados no Q2:
11. Paul di Resta Force India-Mercedes 1m24.163 + 1.249
12. Adrian Sutil Force India-Mercedes 1m24.209 + 1.295
13. Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1m24.648 + 1.734
14. Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1m24.726 + 1.812
15. Sergio Perez Sauber-Ferrari 1m24.845 + 1.931
16. Sebastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1m24.932 + 2.018
17. Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1m25.065 + 2.151
Eliminados no Q1:
18. Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1m25.334 + 1.358
19. Jarno Trulli Lotus-Renault 1m26.647 + 2.671
20. Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1m27.184 + 3.208
21. Timo Glock Virgin-Cosworth 1m27.591 + 3.615
22. Jerome D'Ambrosio Virgin-Cosworth 1m27.609 + 3.633
23. Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 1m28.054 + 4.078
24. Tonio Liuzzi HRT-Cosworth 1m28.231 + 4.255

2 comentários:

Reideer disse...

Acho que está na hora de trocar de papel de parede.
Quem sabe a lotus do bruno?

Tomm disse...

Acredito que a situação na Sauber é a mesma da Williams - Kobayashi é rápido e consistente em corridas, enquanto Perez é mais rápido em classificação.