quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Os campeões da Renault

Esses carros e motores cima foram os últimos modelos da Williams a sagrarem-se campeões  usando os motores Renault na década de 90. Claro, à direita tem um "intruso", a Benetton B195 do bicampeonato de Schumacher, mas entre os carros de Frank Williams, qual é o fator que os une além do motor francês? O projetista que hoje está na Red Bull Andrew Newey.

O que quero dizer com isso é que não adianta a equipe receber os motores da Renault, que são melhores que os atuais Cosworth se o carro em sí não for muito bem projetado e rápido, e sem um grande orçamento não espero nenhum salto milagroso para o campeonato 2012. Melhora sim, milagre não.

E não seria mais um piloto pagante que catapultaria esse valor (algo estimado em cerca de 100 milhões de dólares) para os padrões próximos ao das equipes grandes como Ferrari e Red Bull (cerca de 250 milhões de dólares).

2 comentários:

Bruno fsK disse...

pra vc ver como o conjunto bom piloto, bom motor, bom carro e bom projetista da tudo certo. esse ano é da redbull denovo.

abrço
@bf2375

CharlesSJ disse...

Se o carro é bom demais não precisa de bom piloto...Damon Hill e Villeneuve não são esses pilotos todos...bons no sentido de técnica e velocidade, mas gente fria sempre leva vantagem em cima do super técnico emotivo.

Schumacher foi o maior piloto de todos os tempos que era muito técnico e muito sábio, inclusive para correr hoje por prazer e tirar onda com um bando de merda que acha que o bom tem que ganhar sempre.

Embora Senna nunca foi e provavelmente nunca será superado em 2 circunstâncias:

Volta de classificação
Chuva